ENSINO

A emoção da chegada ao “Berço dos Especialistas”

Mais de 400 jovens foram recebidos no último domingo (07/01)
Publicado: 11/01/2018 15:00
Imprimir
Fonte: EEAR
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Cynthia Fernandes Revisão: Major Alle

Mais de 400 novos alunos iniciam seus estudos na EEARFoi com muita emoção que, no último domingo (07/01), mais de 400 jovens entraram pelos portões do “Berço dos Especialistas”. Homens e mulheres dos quatro cantos do País se tornaram os novos alunos da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP).

Esses futuros guerreiros, cheios de sonhos e expectativas, com garra e vontade de vencer, foram selecionados entre milhares de candidatos para compartilhar a experiência de estudar numa escola militar da Força Aérea Brasileira. Do total de ingressantes, 287 foram matriculados no Curso de Formação de Sargentos (CFS) – Esquadrão Amarelo - e 163 no Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS) - Esquadrão Prata.

Os alunos e seus familiares foram recepcionados pelo Comandante da EEAR,
Brigadeiro do Ar Jayme Ferreira Junior, e pelo Comandante do Corpo de Alunos, Coronel Eder Santaroni, que orientaram sobre a rotina do aluno na unidade e o futuro da carreira.

Aqueles que concluírem o curso serão nomeados Sargento da Aeronáutica“Tive uma sensação gratificante ao cruzar os portões da Escola. Percebi que valeu todo meu esforço de estudos e treinamento físico durante três anos”, comentou o aluno Igor André Menezes Macedo, do Esquadrão Amarelo. Segundo ele, entrar para a EEAR é a realização de um sonho pessoal e da família.

“É uma honra para a Escola receber mais uma turma de futuros companheiros de jornada”, reforçou o Brigadeiro Jayme, sobre o início dos cursos. Segundo ele, “disciplina, amor e coragem”, código de honra do Aluno Especialista, é o lema que, a partir de agora, iluminará o caminho dos futuros sargentos.

Destaques das turmas

Primeira colocada no concurso de admissão ao CFS, Karen Letícia Amorin Gomes de Oliveira, 23 anos, natural do Rio de Janeiro (RJ), comentou sobre a aprovação depois de cinco anos de estudos. "Essa realização aconteceu no momento certo. Em outras oportunidades batia na trave, ficava retida em alguma etapa do concurso," relembra.

"Foi uma surpresa muito grande devido a grande concorrência”, ressalta a aluna Carolina de Santana Givigi, 20 anos, que conquistou o primeiro lugar no concurso de admissão ao EAGS e que está se adaptando à nova rotina da escola.