COMANDO

Estagiários da ESG assistem à palestra do Comandante da FAB

Palestra foi direcionada aos integrantes do Curso de Altos Estudos de Defesa (CAED)
Publicado: 11/10/2018 15:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Felipe Bueno
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Alle

O Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, falou sobre o cenário atual da Instituição em palestra nesta quarta-feira (10), no Gabinete da Aeronáutica, em Brasília (DF). O evento teve a presença de mais de 60 estagiários do Curso de Altos Estudos de Defesa (CAED), da Escola Superior de Guerra (ESG), que conta com oficiais superiores das Forças Armadas e Auxiliares, além de civis em cargos de interesse da Defesa. A apresentação contou, ainda, com a presença do Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar do Antonio Carlos Moretti Bermudez.

O evento faz parte do ciclo de palestras em alusão ao Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, ambos celebrados em 23 de outubro. O comandante falou sobre a história e a atual estrutura da FAB, destacando desde projetos da área espacial até investimentos na capacitação do efetivo, além das últimas ações do processo de Reestruturação da Força Aérea.

“Três ações foram muito importantes no processo de Reestruturação: Controlar, Defender e Integrar. A integração foi algo muito influente na criação da FAB e continua sendo. Só o Exército tem 30 mil militares na Amazônia, fora os outros órgãos, como o IBAMA [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis]. O Brasil precisa da FAB para o transporte logístico, humano e até de órgãos, já que as empresas privadas não suprem essa necessidade. É por isso que cerca da metade de nossas aeronaves e pilotos são da Aviação de Transporte”, afirmou o Comandante da FAB.

CAED

O Curso de Altos Estudos em Defesa (CAED) é destinado a oficiais superiores das Forças Armadas e das Forças Auxiliares e civis da alta administração, oriundos de organizações governamentais e privadas, indicados por instituições convidadas. O objetivo é capacitar para a macroanálise da conjuntura e dos cenários nacional e internacional, para o desempenho de funções na alta gerência executiva e para a formulação de políticas e estratégias, em especial nas áreas de defesa, de segurança e de desenvolvimento nacional.

Fotos: Soldado Wilhan Campos/CECOMSAER