TECNOLOGIA

Instituto Tecnológico de Aeronáutica atua no combate à COVID-19

Professores e ex-alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica buscam desenvolver soluções para o enfrentamento da pandemia
Publicado: 02/04/2020 18:04
Imprimir
Fonte: DCTA, por Sargento Anderson
Edição: Agência Força Aérea, por Aspirante Flávia - Revisão: Major Monteiro

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), localizado em São José dos Campos (SP), tem atuado no combate ao novo coronavírus (COVID-19). Professores e ex-alunos do ITA têm se desdobrado em desenvolver soluções para o enfrentamento da pandemia.

O ITA é uma instituição universitária pública que integra o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Embora sejam vocacionados para os setores de aeronáutica, defesa e espaço, integrantes da Instituição têm buscado fornecer ferramentas úteis à sociedade para o combate ao vírus, na área de engenharia.

“O Instituto está colocando seus laboratórios e seus conhecimentos acumulados ao longo de décadas à disposição da sociedade brasileira no combate à COVID-19”, ressaltou o Reitor do ITA, Professor Doutor Anderson Ribeiro Correia.

Ex-alunos lotados em empresas e parques tecnológicos, estão sendo contatados para a coordenação de atividades de implementação rápida nos hospitais da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Brasil. Além disso, o Centro de Competência em Manufatura (CCM) está coordenando com outras instituições o fornecimento de peças produzidas por manufatura aditiva e impressoras 3D. “Com isso, a produção de ventiladores e respiradores mecânicos será muito mais rápida”, informou o Reitor.

Para tornar viável a aplicação dos produtos elaborados pelo CCM, setores do ITA estão em contato com empresas de produção de respiradores para uso em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), como também com os órgãos certificadores competentes, visando acelerar o processo de homologação dos eventuais componentes fornecidos.

"Disponibilizar os profissionais de engenharia do DCTA para o enfrentamento à COVID-19 dialoga com os nossos valores, pois mostra a atuação deles na área tecnológica, para a garantia da integridade do nosso território e do nosso povo", concluiu o Diretor-Geral do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara.