HOMENAGEM

Oficiais-Generais da FAB são agraciados com Ordem do Mérito Aeronáutico

Tenente-Brigadeiro Heraldo e Tenente-Brigadeiro Fiorentini receberam a Comenda no grau Grã-Cruz
Publicado: 06/04/2020 19:50
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Tenente-Coronel Santana

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta segunda-feira (06), em Brasília (DF), a cerimônia de imposição da Comenda da Ordem do Mérito Aeronáutico (OMA), no grau Grã-Cruz, ao futuro Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, e ao Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini. A solenidade foi presidida pelo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, acompanhado do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Participaram, ainda, da cerimônia o Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar José Magno Resende de Araujo; o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira; o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; o Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar; o Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno; e o Comandante-Geral do Pessoal da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço.

O Ministro da Defesa falou sobre a importância de promover, no Quadro Ordinário do Corpo de Graduados Efetivos da OMA, ao grau Grã-Cruz, os dois Oficiais-Generais da FAB. “Para mim, foi uma honra muito grande entregar a Ordem do Mérito Aeronáutico ao Tenente-Brigadeiro Heraldo e ao Tenente-Brigadeiro Fiorentini, que alcançaram o último posto da carreira militar. Sinto-me muito honrado de participar dessa justa homenagem” disse o Ministro.

O Comandante da Aeronáutica enfatizou a importância do evento, com a entrega da mais alta honraria da FAB. “Parabéns pela imposição dessa Comenda que hoje recebem. Que Deus ilumine seus caminhos à frente dos seus comandos, permitindo-lhes o mesmo brilho que sempre caracterizou suas jornadas, dando-lhes a graça de que suas decisões frutifiquem em proveito do desenvolvimento do Brasil”, concluiu.

Agraciados

O Tenente-Brigadeiro Heraldo disse que esse é um marco na carreira de mais de 40 anos dedicados à Força Aérea. “Foi um grande reconhecimento que tive ao atingir o mais alto posto e agora tenho a oportunidade de contribuir para que a FAB continue crescendo e, cada vez mais, sendo a Força Aérea que todos queremos que ela seja”, pontuou.

O Tenente-Brigadeiro Fiorentini falou que a homenagem é fruto da realização de mais de quatro décadas de serviço à FAB. “Um reconhecimento pelo trabalho e eu tenho muito orgulho de, cada vez mais, poder contribuir para nossa Força Aérea”, concluiu.

OMA

Criada por meio do Decreto-lei nº 5.961, de 1º de novembro de 1943, e regulamentada pelo Decreto nº 3.446, de 4 de maio de 2000, a Ordem do Mérito Aeronáutico é uma distinção concedida aos militares da Aeronáutica brasileira que tenham prestado notáveis serviços ao país, ou que se hajam distinguido no exercício da sua profissão; aos militares das Forças Armadas nacionais e estrangeiras que se tenham tornado merecedores de homenagem da Nação brasileira e, particularmente, da Aeronáutica; aos cidadãos brasileiros e estrangeiros que se tenham destacado nas suas áreas de atuação a serviço da Nação brasileira; e às corporações militares, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, por serviços ou ações que as recomendem ao reconhecimento da Nação brasileira e, de modo particular, ao da Aeronáutica.

Assista ao vídeo sobre a cerimônia de imposição da OMA.

Fotos: Sargento Bianca Viol / CECOMSAER

Vídeo: Suboficial Gladiston / CECOMSAER