OPERAÇÃO COVID-19

Diretoria de Tecnologia da Informação dispõe de suportes para trabalho remoto

VPN, teleconferência e compartilhamento de arquivos em nuvem são algumas das facilidades para a manutenção das atividades na FAB durante o enfrentamento da COVID-19
Publicado: 10/04/2020 16:28
Imprimir
Fonte: DTI
Edição: Agência Força Aérea, por Aspirante Letícia Faria - Revisão: Major Monteiro

A Diretoria de Tecnologia da Informação da Aeronáutica (DTI), localizada em São Paulo (SP), proporciona aos militares e civis da Força Aérea Brasileira (FAB) suporte ao trabalho remoto, neste período de enfrentamento da COVID-19. Três ferramentas foram disponibilizadas para facilitar as atividades diárias das Organizações Militares (OMs): a VPN (Rede Virtual Privada, do inglês Virtual Private Network), a teleconferência e o compartilhamento de arquivos em nuvem.

O Diretor de Tecnologia da Informação da Aeronáutica, Brigadeiro Intendente Luiz Fernando Moraes da Silva, explicou: “O objetivo é manter a produtividade do efetivo neste período, garantindo a comunicação segura e eficaz”.

Virtual Private Network (VPN)

É uma ferramenta segura que auxilia no desenvolvimento dos trabalhos, permitindo conexão à rede do Comando da Aeronáutica (COMAER) a partir de pontos remotos. Oferece a possibilidade de acesso aos sistemas como SILOMS, SIGADAER e SIGPES.

Teleconferência

Utilizada para realização de chamadas de áudio e vídeo, videoconferências, gravações de aulas, eventos teletransmitidos e suporte remoto com segurança de ponta a ponta.  

Essa modalidade permite, também, economia financeira, possibilitando reuniões a distância, e evitando gastos com deslocamento de pessoal. 

 

Compartilhamento de arquivos em nuvem

Mantida pelo Centro de Computação da Aeronáutica do Rio de Janeiro (CCA-RJ), essa ferramenta dá suporte às escolas na distribuição de conteúdos para os alunos por meio da Intraer e da Internet, possibilitando upload e download de arquivos, disponibilização de videoaulas para serem assistidas em streaming (transmissão de conteúdos pela internet sem necessidade de fazer download), além da gestão de pastas e arquivos, com compartilhamentos seguros e dinâmicos.

 

Apoio às Escolas

A DTI tem atuado neste período junto à Diretoria de Ensino (DIRENS), visando assegurar a instrução, na modalidade Ensino a Distância (EAD), em todas as escolas da FAB. Cerca de 140 salas virtuais foram criadas para professores e administradores, além de treinamentos online para todas as escolas, disponibilização de material de suporte e videoaulas gravadas e distribuídas para o pessoal da DIRENS, assim como para as suas Unidades de Ensino subordinadas.

Desta forma, o Sistema de Tecnologia da Informação da Aeronáutica (STI) inova nas ferramentas de produção frente às dificuldades impostas pela COVID-19. Os desafios envolvem, inclusive, a adaptação dos processos administrativos, sendo forjada uma nova cultura institucional para vencê-los. “O STI está construindo um modo de produção disruptivo, de forma a ampliar e modernizar as capacidades de TI da Força com mais segurança, eficácia e eficiência”, finaliza o Subdiretor de Fiscalização e Controle da DTI, Coronel Aviador Paulo Sergio Pôrto.

Fotos: Wilhan Campos/CECOMSAER