COVID-19

PAMA-SP atinge o número de 10 mil máscaras confeccionadas em um mês

Equipamento de Proteção Individual será distribuído para diversas Organizações Militares da FAB
Publicado: 20/05/2020 18:11
Imprimir
Fonte: PAMASP, por Tenente Tatiana Quadros
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Cristiane - Revisão: Major Monteiro

Sob a coordenação da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB),  o Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP) atingiu a marca de 10 mil máscaras de proteção facial confeccionadas em um mês. A ação, que teve início em 20 de abril, conta com a colaboração de militares dos Parques de Material Aeronáutico de São Paulo, Galeão (PAMA-GL), Lagoa Santa (PAMA-LS), e também do Parque de Material Bélico da Aeronáutica do Rio de Janeiro (PAMB-RJ). A linha de produção é composta por 15 militares voluntários da especialidade Básico de Equipamento de Voo (BEV).

Todas as 10 mil máscaras confeccionadas nesse primeiro lote são de manta com tecnologia SSMMS, com cinco camadas filtrantes de TNT, com eficiência bacteriológica de 96,5%, maior que os 95% previstos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). As máscaras são distribuídas de acordo com as demandas, sendo contempladas, até o momento, 15 Organizações Militares da Força Aérea, além do Comando Conjunto Sudeste, um dos dez Comandos Conjuntos instalados em todo o território nacional para apoio das Forças Armadas durante o período da pandemia.

De acordo com o Diretor do PAMA-SP, Coronel Aviador Marcos Dias Marschall, produzir 10 mil máscaras é uma marca bastante expressiva. “Nossa mobilização para a tarefa foi muito rápida, passamos por um período de aprendizado e correção do processo produtivo e, por fim, conseguimos obter uma máscara que atende às necessidades de nossa Força. Os militares que estão à frente dessa importante tarefa estão de parabéns. Vamos continuar o trabalho enquanto houver necessidade do fornecimento de máscaras”, declarou.

Fotos: Soldados Queiroz e V. Oliveira / PAMA SP