SUSTENTABILIDADE

DCTA inaugura primeiro ponto de entrega de resíduos com conceito ecológico da FAB

Projeto poderá servir de modelo às Guarnições de Aeronáutica do Comando da Aeronáutica (COMAER) interessadas nessa solução ambiental
Publicado: 13/07/2020 15:32
Imprimir
Fonte: PASJ, Tenente-Coronel Barreto e Tenente Nathália
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Tenente-Coronel Denys

O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), localizado em São José dos Campos (SP), inaugurou, nessa sexta-feira (10), o primeiro Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de Resíduos Sólidos, construído em sua versão ecológica e com materiais sustentáveis. O objetivo é viabilizar o descarte centralizado e adequado dos resíduos gerados pelas 782 famílias residentes da Vila Residencial do Campus do DCTA. Esse é o primeiro PEV da FAB concebido na forma ecológica.

Na inauguração, estiveram presentes o Diretor-Geral do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara; o Diretor-Presidente da Urbanizadora Municipal S/A (URBAM), José Nabuco; o Prefeito de Aeronáutica de São José dos Campos, Tenente-Coronel Intendente Carlo Rodrigo Barreto Barboza; entre outras autoridades e convidados. “A evolução do comportamento das pessoas é o que nos faz hoje inaugurar o PEV. Trata-se de um exemplo de aspecto ecologicamente sustentável que pode ser implementado para a construção de uma sociedade melhor”, destacou o Diretor-Geral do DCTA .

Para o Diretor-Presidente da URBAM, o compartilhamento de recursos foi o principal ponto de união entre os trabalhos feitos pelos profissionais do DCTA, da Prefeitura Municipal e da URBAM. “Nós trabalhamos utilizando as melhores expertises para poder trazer para o DCTA a sinergia da cidade de São José dos campos com a área de tecnologia, tão respeitada por toda a nação”, ressaltou.

Projeto

A concepção do projeto teve início com a participação da Prefeitura de Aeronáutica de São José dos Campos (PASJ) em uma palestra realizada no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em parceria com a Urbanizadora Municipal S/A (URBAM), como parte dos trabalhos de elaboração do “Plano de Gestão de Resíduos Sólidos”, vinculado ao projeto HabITAs. Nesse Plano, foi ratificada a importância da atenção dispensada com a geração de resíduos sólidos no âmbito da Guarnição de Aeronáutica de São José dos Campos (GUARNAE-SJ).

As tratativas para sua efetivação tiveram início em maio de 2019, com a cessão do projeto pela URBAM à PASJ que, por meio de seu corpo técnico, o adaptou às necessidades locais da GUARNAE-SJ. Nesse sentido, por fazer parte do acervo de engenheiros da Força Aérea Brasileira (FAB), o projeto do PEV-DCTA poderá servir de modelo às Guarnições de Aeronáutica do Comando da Aeronáutica (COMAER) interessadas nessa solução ambiental. Desde então, a PASJ realizou gestões junto ao DCTA, à URBAM e ao Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), bem como à Comissão de Obras do DCTA (CO-DCTA) e ao Grupamento de Apoio de São José dos Campos (GAP-SJ), a fim de viabilizar a construção do PEV.

Iniciativa pioneira na região do Vale do Paraíba, os PEVs foram concebidos em 2009 pela Prefeitura Municipal de São José dos Campos e representam uma parte importante do sistema de gerenciamento de resíduos na cidade. “O PEV-DCTA surge como uma solução inovadora, dentre as Guarnições de Aeronáutica, para atender antigas demandas dos Permissionários do DCTA, na medida em que será um ponto de convergência para os resíduos produzidos pelos moradores”, declarou o Prefeito de Aeronáutica de São José dos Campos.

Parceria entre a PASJ e a URBAM

No dia 1° de julho deste ano, no Gabinete da PASJ, os Engenheiros José Nabuco Sobrinho e Denis Roberto do Rego, respectivamente Diretor-Presidente e Diretor de Operações da URBAM, juntamente com o Prefeito da PASJ, Tenente-Coronel Barreto, assinaram o Termo de Cooperação que formalizou a parceria entre os entes envolvidos para a realização do transbordo e destinação final dos resíduos entregues voluntariamente no PEV, refletindo em benefícios diretos para os permissionários que habitam as Vilas do DCTA.

A movimentação e a destinação final dos resíduos recebidos no PEV-DCTA será realizada pela URBAM, promovendo o descarte sustentável e com responsabilidade social, dentro das normas ambientais existentes, visando facilitar e melhorar as condições de habitabilidade dos permissionários da Vila Militar do DCTA.