INGRESSO

FAB abre 289 vagas para o Curso de Formação de Sargentos

Inscrições para o processo seletivo podem ser feitas a partir desta segunda-feira (03) e seguem abertas até o dia 26 de agosto
Publicado: 04/08/2020 16:15
Imprimir
Fonte: DIRENS
Edição: Agência Força Aérea

A Força Aérea Brasileira (FAB) publicou Instruções Específicas para o Exame de Admissão ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica para o segundo semestre de 2021 (IE/EA CFS 2/2021). As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas a partir desta segunda-feira (03) e seguem abertas até as 15 horas do dia 26 de agosto de 2020, no horário de Brasília. O valor da taxa é de R$ 60,00 (sessenta reais).

As 289 vagas são destinadas a cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam aos pré-requisitos, às condições e às normas estabelecidas nas Instruções Específicas, para serem habilitados à matrícula no CFS 2/2021.

Há vagas para as seguintes especialidades: Comunicações (BCO), Foto-Inteligência (BFT), Guarda e Segurança (SGS), Eletricidade e Instrumentos (BEI), Estrutura e Pintura (BEP), Meteorologia (BMT), Suprimento (BSP), Informações Aeronáuticas (SAI),  Bombeiro (SOB), Cartografia (SCF), Desenho (SDE), Eletromecânica (SEM), Metalurgia (SML) e Controle de Tráfego Aéreo (BCT).

O processo seletivo é composto de provas escritas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, Inspeção de Saúde, Exame de Aptidão Psicológica, Teste de Avaliação do Condicionamento Físico, Procedimento de Heteroidentificação Complementar (para candidatos que optarem por concorrer às vagas reservadas conforme Lei nº 12.990, de 9 de junho de 2014) e Validação Documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 22 de novembro de 2020. Os aprovados em todas as etapas deste processo seletivo e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA), deverão se apresentar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), no dia 27 de junho de 2021, para a Concentração Final. Após a conclusão do curso com aproveitamento, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será distribuído e classificado em uma das Organizações Militares do Comando da Aeronáutica (COMAER), localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

Foto: Cabo Feitosa/CECOMSAER