OPERAçãO PANTANAL

Helicóptero da FAB resgata onça pintada em região de incêndios no Mato Grosso

H-60L Black Hawk atua nas missões de Transporte Aéreo Logístico na região
Publicado: 19/08/2020 11:30
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

Uma aeronave H-60L Black Hawk da Força Aérea Brasileira (FAB) resgatou uma onça pintada na região do município de Poconé, no sul de Mato Grosso, na tarde de segunda-feira (17). O animal estava debilitado por conta dos incêndios que atingem a área e o helicóptero, operado pelo Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5º/8º GAV) – Esquadrão Pantera, foi acionado para retirá-lo do local. A tripulação da aeronave está há mais de 20 dias cumprindo missões de Transporte Aéreo Logístico nas regiões do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A onça foi localizada por bombeiros militares e técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), próxima a uma fazenda da região pantaneira. Um dos pilotos do H-60L, Tenente Aviador Josué Marcos Coelho Gonçalves, explica que veterinários da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) sedaram o felino para que pudesse acontecer a exfiltração. "Conseguimos colocar a onça em uma gaiola a bordo da aeronave e transportamos até o campo de futebol da UFMT, onde ela recebeu os primeiros atendimentos", detalha. A onça se recupera sob os cuidados dos profissionais da UFMT. 

Transporte de brigadistas

No sábado (15), o H-60L Black Hawk também realizou outra saída a partir da sede do Centro de Coordenação da Operação Pantanal, em Poconé (MT), para auxiliar no combate aos incêndios. O helicóptero atua no transporte de brigadistas do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil e profissionais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) até os locais das chamas. 

 

Operação Pantanal

A Operação Pantanal, deflagrada pelo Ministério da Defesa (MD), conta com a atuação das Forças Armadas, empregando aeronaves no combate a incêndios e atuando em parceria com agências federais e estaduais, por conta das queimadas na região. O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), Organização da FAB responsável pelo emprego das aeronaves, realiza a coordenação junto ao MD, que atendeu à solicitação do Governo do Mato Grosso do Sul. Para cumprir a demanda, o MD estabeleceu um Centro de Coordenação no Comando do 6º Distrito Naval, na cidade de Ladário (MS). Também participam das ações helicópteros da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

Fotos: Tenente Josué / 5º/8º GAV