COVID-19

ITA realiza ações de prevenção para os alunos contra a COVID-19

Todos os procedimentos foram realizados conforme recomendações da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA)
Publicado: 25/08/2020 14:33
Imprimir
Fonte: ITA, por Cap Fábio Cox
Edição: Agência Força Aérea - Revisão: Major Monteiro

Os 128 alunos do 1º ano do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) se apresentaram no dia 16 de agosto para iniciar o curso militar no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica (CPORAer), em São José dos Campos (SP).

Os meios para o transporte dos estudantes foram devidamente preparados, mantendo as regras de distanciamento social vigentes. Alguns optaram por realizar o trajeto até o Instituto por meios próprios.

Antes do embarque, os alunos passaram pela triagem pré-clínica que verificava a apresentação dos sintomas típicos da COVID-19. Ao desembarcarem em São José dos Campos, foi realizada a desinfecção de suas bagagens e pertences pessoais, passando, após, pela triagem clínica para a realização do teste sorológico do padrão ELISA. Três alunos que reportaram sintomas passaram pelo teste RT-PCR e foram prontamente isolados. Todos os procedimentos foram realizados conforme recomendações da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA).

No total, 21 alunos apresentaram alterações nos testes ELISA, sendo 13  positivos e 8 indeterminados. Com a detecção, foram submetidos ao período de isolamento padronizado pelo protocolo da DIRSA.

A Capitão Médica Rafaela Carolina Ferreira de Sousa Coelho, do Esquadrão de Saúde de São José dos Campos, explicou sobre os sinais da doença por meio de teste sanguíneo. “É sabido que a imunoglobulina (IGA), depois de exposição ao patógeno, demora, em média, sete dias para ter seu aparecimento na corrente sanguínea. Sendo assim, deduz-se que estas pessoas não se contaminaram no percurso de retorno ou no Campus do DCTA, pois no decorrer de algumas horas não há tempo hábil para este anticorpo se apresentar nos testes”, declarou .

Os estudantes detectados pelos testes permanecerão em isolamento pelo período mínimo de 14 dias, sendo acompanhados diariamente por equipe médica e psicológica. Todas as refeições serão realizadas no interior dos apartamentos.

Aqueles que passaram pelos exames e foram liberados, terão sua rotina mantida junto ao Curso de Preparação de Oficiais da Reserva e as aulas em ambiente virtual do ITA.

Como medida protetiva adicional, todos os estudantes permanecerão no interior do Campus do DCTA até novas orientações.

As aulas do CPORAer que possam migrar para o ambiente virtual serão ministradas desta forma. As instruções militares necessariamente presenciais, condição básica ao cumprimento da formação no curso de Oficial da Reserva da FAB e parte integrante da progressão acadêmica e militar dos alunos, serão realizadas com o atendimento aos protocolos previstos.

“O ITA e o CPORAer, com o apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), continuarão fazendo o acompanhamento contínuo dos estudantes, seguindo as orientações dos órgãos de saúde, as medidas protetivas e o apoio médico hospitalar necessário para a manutenção da segurança sanitária no interior do campus”, afirmou o Reitor do ITA, Professor Doutor Anderson Ribeiro Correia.

Volta às aulas

Integrando um conjunto de ações planejadas estrategicamente pelo Comitê de Risco e Combate ao Coronavírus do ITA, o Instituto definiu o retorno às aulas de parcela dos estudantes. Retornaram às aulas, no dia 16 de agosto, alunos do primeiro ano do curso de graduação em Engenharia, para as atividades inerentes ao Curso de Preparação de Oficial da Reserva da Aeronáutica. A retomada das atividades presenciais do primeiro ano tem o objetivo de garantir o cumprimento dos conteúdos curriculares não substituíveis pelo ensino on-line.

Fotos: Sargento Roberto/DCTA